terça-feira, 2 de novembro de 2010

D. Maria à cores.

Postagem extra!

Fiquei muito contente com o presente que ganhei de um amigo na blogsfera. Ele fez um poema pra mim. Não é a primeira vez que ganho um texto, o que me faz muito feliz porque me permite crer que algo muito legal acontece aqui em casa.
Ganhei esse poema do Paulo Francisco, do blog CORES E NOMES. Fiquei emocionado pois ele capta muito do que pretendo, do que creio, como penso. O título é um show, adorei. Muito do que fazemos, e penso que você, Paulo, e tantos outros poetas, sabem que nosso trabalho é sim por fé, por emoção, grande prazer, exercício de cidadania, levando cultura web afora. Obrigado, a ti e a tantos poetas que escrevem e me dão o prazer de lê-los.

"PARTITURA (PROFISSÃO DE FÉ)
Para Saulo Taveira

Tenho a voz
Não me calo
Digo o que sinto
Digo o que quero
Passo - repasso
Pensamentos
Desejos
Falo o que acredito
Contribuo com o meu grito
Com minha voz - caminho
Faço dela minha estrada
Encanto/desencanto
Permaneço


[Não esqueço
de dizer nada]
Tenho a minha voz
E com ela
Grito à paz
Grito ao amor
Grito à esperança
E nesta partitura virtual
Mostro virtualidade alheia
Porque creio, ainda, nos homens
Deste mundo tão desumano
E enquanto existir a arte
Em poesia ou prosa
[Não importa]
Em tela ou em canção
Encanto-me
E com minha voz
Declamo
Exclamo
Quero paz!"

Para completar a postagem, seguem: um vídeo de D. Maria falando um pouco de seu espetáculo "Bethânia e as palavras" e a filipeta do evento que acontecerá sábado, dia 06 de novembro, em que ela se apresentará no "gran finale". Oxalá eu possa ir e permitir que Bethânia entre em mim, binque com meus sonhos, emoções e espírito, me alimente e eu volte melhor.



Vídeo retirado do http://www.youtube.com/.




Acesse aqui para ver o selinho eu ganhei da Cristiane, do blog Meu Olhar Caleidoscópio.

17 comentários:

Lila disse...

Uia....td novo por aqui, gostei !!!!
Saulo, vc merece todos os elogios, és um doce de pessoa.

Bjs meus !

António Rosa disse...

Saulo,

Lindo poema do Paulo Francisco.

«E enquanto existir a arte
Em poesia ou prosa
[Não importa]
Em tela ou em canção
Encanto-me
E com minha voz
Declamo
Exclamo
Quero paz!»

Depois vi o vídeo com Maria Bethânia e comecei a lembrar-me da sessão que ela fez em Lisboa, na Casa de Fernando Pessoa. Eu a lembrar-me disto e ela começa a explicar esse acontecimento. Fiquei arrepiado, pois estive lá e sentei-me no chão. Tiveram que abrir as portas para o jardim pois estava super lotado. Foi único. Ela não cantou, mas disse poemas lindos de poetas da língua portuguesa. Sabe, é daquelas recordações que nos acompanham pela vida.

Saulo, para o dia 6 de Novembro desejo que consiga lá estar. D. Maria, como você carinhosamente lhe chama, vai entrar em si e nos seus sonhos.

Grande, grande abraço e beijo amigo,

António

Valdeir Almeida disse...

Saulo,

É um privilégio para poucos ser captado pelas palavras de um poeta. Ser objeto de poesia, qualquer um pode ser, mas traduzir um pouco da alma, é privilégio de poucos, é o caso do seu amigo.

Parabéns aos dois.

Abração e ótimo resto de feriado.

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Saulo
Muito merecido o poema. Isso mostra o quanto pode se transformar uma amizade virtual.
Bjux

Luna Sanchez disse...

Ah, que lindo carinho! Coisa boa isso, né?

Escrever é um gesto de doação, falar, contar, narrar também é.

Uma vez coloquei um texto em áudio no meu blog, adoro essas experiências, e as pessoas responderam usando palavras como "proximidade", "vínculo", "calor". Gostei tanto que vou repetir por esses dias.

Beijo, moço querido!

ℓυηα

Ira Buscacio disse...

Saulo, meu lindão,

Super merecido!

Um dia, sem querer, eu cheguei até aqui e me deparei com essa casa de talentos, com uma voz artística e arteira que prende a gente. Uma voz de timbres, que sai de um coração generoso e foi desse jeito que nunca mais saí e tb só saio se vc me expulsar!!!!!!!!!!!!

Se puder vá ser Bethânia e depois conta, pq adoro.

Bjs e parabéns pelo mimo e claro, parabéns ao autor Paulo Francisco pelo gesto e pelo talento.

João Francisco Viégas disse...

Coisa boa isso hein!

E não acontece por acaso, não acontece com qlq um!

As pessoas só podem ver, quando há o que se visto! Tu foi visto!!

Merecido!

Abração!

Controvento-desinventora disse...

Adoro sua proposta. amo o Paulo e seus poemas, que na sua voz ficaram perfeitos.
Por que me abandonaste?

Claudia disse...

Adoro sua proposta, seu blog, sua voz e adorei a combinação entre sua voz e o poema de Paulo Francisco. Parabéns!

Paulo Francisco disse...

Saulo, o compartilhar é uma coisa bela. Você faz isso de uma maneira ímpar. Você transforma uma tela fria em calor humano, você consegue transformar o seu blog num álbum de amigos. Então, você merece ser homenageado em poesias e prosas. Eu tenho orgulho de participar deste album; eu tenho orgulho de ter sido lido por você. Um abraço... e que você tenha em seu caminho muita paz. Com relação a Bethânia ela sempre será a minha cantora também, pois foi a cantora de minha infância,adolescência e sempre. Eu registrei este fato no meu texto: Qual a sua trilha sonora.Mais uma vez um abração do tamanho do mundo...

carmen silvia presotto disse...

Que belo presente Saulo, um presente merecido, um brinde ao trabalho que Partitura vem tecendo.

O poema é lindo, uma canção.

Beijos e parabéns.

TH disse...

Bethania no Sem Censura....um dos unicos programas q ela cosnegue "descansar" de verdade diante das cameras!
E o poemia foi bem caprichado..presentão, hein?
Super abraço!

Lila disse...

Lindão....é bem por aí mesmo. Ando assustada com essa falta de carinho, cuidado, cumplicidade entre as pessoas...afetos, me parece, estão se tornando absoletos e eu, não sei viver sem eles...sou movida a sorrisos, abraços, bjs e sinceridade. Não sei falar o que não sinto e muito menos dissimular sentimentos apenas para massagear egos.Não quero generalizar, mas...exceções são raras, infelizmente.
Abraço delicioso esse...de corpo inteiro !

Pérola Anjos disse...

Saulo, uma belíssima homenagem! Palavras que lêem a alma de quem lê outras tantas e com tanta suavidade, com tanta força e emoção.

E a Bethânia me encanta a todo o momento: a sua voz esplendorosa, a sua simplicidade ao falar de coisas que fazem revoluções por dentro, a sua suavidade, a sua música. Diva. Divina!

Assim como divina é a tua voz e o que fazes com ela!

Beijos!

Michele P. disse...

Já havia lido no blog do Paulo Francisco e achei digno do homenageado. Parabéns Saulo!

Marcio Nicolau disse...

a entrevista é ótima. Melhor ainda vê-la ao vivo, heim?

Anna K. Lacerda disse...

Bela homenagem ao menino do palato solto!
E Bethânia... Ai, ai! Sei que eu não seria quem sou sem ela.