quinta-feira, 4 de novembro de 2010

De Tespis a Postigos

Esclarecimentos:

"Ando meio desligado..." pelo fato de estar viajando - coisa de atendente de telemarketing, embora eu felizmente não seja - por esses dias... Visitei familiares no feriado de finados (somente os vivos - deixo os mortos aos mortos) e viajarei para o Rio de Janeiro no fim de semana. Infelizmente, onde costumo ficar não terei internet à minha disposição. Logo que eu retornar, volto a comparecer mais freneticamente nos blogs amigos.

Outra coisa IMPORTANTÍSSIMA: o motivo de minha viagem, além de dia 06 assistir a Bethânia, é o lançamento de POSTIGOS, livro de poesias da minha querida amiga Carmen Silvia Presotto. E estão todos convidados, vejam abaixo horário, dia e local:




O livro traz poesias de Carmen e outros poetas, além de um CD de áudio com declamações feitas por Saulo Taveira, ou seja, eu! hehe Não fazem idéia do orgulho que sinto e a "metidez" que estou por causa de POSTIGOS!

Na postagem de hoje apresento a vocês o primeiro poema que ganhei de um blogueiro. (Ok, foram só dois: do Paulo Francisco e do Nelson). Era pra ficar em off pois é uma homenagem a mim e a todos os outros atores. Mas não me aguento, é uma obra-prima. Como estou de volta, esse poema eu gravei e espero que Aharon não fique bravo. hehe Gosto muito dele e sua poesia é deslumbrante. Sim, senhoras e senhores, na postagem de hoje terei meu amigo e já quase-sócio (é seu terceiro texto postado aqui) Nelson Aharon, do blog Universo Paralelo em Versos com o texto Tespis curiosamente, postado no dia das crianças. Os artistas se entendem! hehe

Ouça:          

Beijos a todos.

23 comentários:

Pérola Anjos disse...

Tenho certeza de que esta viagem será duplamente prazerosa: O esplendor da Bethânia e o lançamento de Postigos da querida Carmen.

Desejo sorte e boas energias!

A poesia do Nelson é como uma pintura delicada!

Beijos e parabéns pela participação em Postigos, motivo de muito orgulho mesmo!

Wanderley Elian Lima disse...

Olá menino
Divirta-se bastante.
Bjão

Ira Buscacio disse...

Meu amigo tão querido, Saulo,

Era uma vez...uma voz, um talento, que se fez estrela no meu firmamento... Ação!

bjssssssssss de fã

Michele P. disse...

Menino! Você anda mais faceiro que corda de violão em festa, hem? Fico feliz com suas conquistas. Espero que receba muitas e muitas outras homenagens pelo talento e carisma.

Um abraço,
Michele

Universo Paralelo em Versos disse...

Saulo você sabe tocar nos sentidos
das palavras e nascem de ti emoções, quanta intensidade eu vivi na audição, alma ficou um espelho para uma montanha de emoções ao teu interpretar e eu feito um lago arrepiado pelo fôlego da tua arte magistral. Ovacionado por todos os personagens da minha alma.

Paulo Francisco disse...

Duplamente perfeito! Boa sorte!

Athila Goyaz disse...

Linda homenagem, muito chique , muito chique! :)
abraços!

RAFAEL disse...

Sabe oq mais odeio? Não morar no Rio de Janeiro!!!

Um dia, ainda irei pra cidade maravilhosa e poderei comparecer em tudo quanto for evento...rs.

Abração e parabens por Postigo.

António Rosa disse...

Saulo,

Como é saudável apreciar à distância, como você está a fazer surf com a vida.

Parabéns.

beijos amigos do

António

carmen silvia presotto disse...

Hey Saulo, que bela reunião poética e me sinto orgulhosa de estar aqui em tua palavras com Postigos junto a poesia de Nelson.

Um beijo grande, obrigada e seguimos, juntos e melhores.

Luna Sanchez disse...

Antes de escutar eu já ia elogiar o uso do "frenticamente" no texto, palavra que adoro. Daí a encontrei também no áudio. Que delícia, Saulo! Prazer².

Boa viagem, depois conta tudo, tá?

Beijo, beijo.

ℓυηα

Cristiane disse...

Saulo, querido. Vim aqui apenas desejar-te um bom fds e deixar o site da Alice Ruiz, que tanto te interessou. Bjs
http://aliceruiz.com.br/

Marcio Nicolau disse...

você está de parabéns, Saulo. O blogue está visualmente belo e inspira poesia. É um universo paralelo neste mundo em que vivemos, tão cinza.

Tua voz é azul.

Valdeir Almeida disse...

Saulo,

Você merece essa viagem "cultural", assim como ser homenageado por mais um poeta. Mas, reitero: ele também foi homenageado pela sua interpretação.

Abração e até a volta.

Malu Machado disse...

Olá Saulo,

Peço licença em entrar no seu blog.Vim por indicação da Lua Nova e cá estou.

Te peguei no fds. Então volto depois para outra visitinha, mas já estou te seguindo,

Um abraço,

Ira Buscacio disse...

Saulo, querido,

Tem presente pra vc, no Faces!
Liberdade pra brincar ou não. Fique a vontade!

Bjocas

Marcio Nicolau disse...

na volta, você vai contar pra todo mundo o que eu já sei: foi incrível a apresentação da Bethania!!! rs

Antonio de Castro disse...

não sei se é sua voz, se é seu sotaque (nosso) ou se é o texto.

o poema é muito bonito mesmo, quem representa, merece.

arKana disse...

Saulo, como sempre fantástico!
tenho um selo para ti aqui:
http://locaissagrados.blogspot.com/2010/11/selo-dardos.html
beijos

Anna K. Lacerda disse...

Beije Bethânia por mim e devore Carmem!
Recite, cante, baile, permita-se qual Tespis pelos palcos da vida.

Beijos no ♥!

Palco Mudo disse...

E como foi a "nossa" Bethânia??
Sempre maravilhosa, não é??

Abraçossss

TH disse...

Eu adoraria estar aí pra acompanhar de pertinho tanta coisa boa e de qualidade...

Parabens, rapaz!A vc e a todos os participantes desse projeto. Luz sempre!

Patrícia Gonçalves disse...

Fiquei com saudade e vim até aqui!

Ri muito com seu texto!!!

beijo querido!