sábado, 25 de setembro de 2010

Sen(tidos) de Ira.


Essa autora chegou até mim não sei como, foi ficando, aparecendo em meu "palco", marcando presença e me levando até seu espaço, seu palco. Sim, palco pois a gravação de hoje não é música, mas é de uma compositora.
Mulher cujo nome significa "a que vigia". Ainda de acordo com o significado de seu nome, gosta de ajudar os outros, desde muito cedo, hospitaleira, sem preconceitos... Do blog Faces do Poeta, seu nome é Ira: Ira Buscacio me encantou com seus textos, suas composições dispostas em sua página.
Aproveitem, troquem.
Juntos, como diz minha amiga Carmen, seremos mais e melhores. Adoro isso!.

Beijos.

Link do site de significado de nomes: http://www.significado.origem.nom.br/nomes/ira.htm

33 comentários:

Athila Goyaz disse...

Muda
surda
cega
Do jeito que for
essa mulher é fod@@@@!

Prabéns pra vc que apresentou esse poema único!

Nem preciso mais falar da atuação né? perfeito!

Marcio Nicolau disse...

vou dar uma espiada no blog da Ira. Pelo que percebo, não voltarei de lá irado. rs

Michele P. disse...

Hola!

Te achei no blog do Marcio Nicolau. Vim conferir,gostei, já puxei a cadeira e fiquei! Posso?

Abraço!

Carol Morais disse...

kkk, meu querido, eu coloquei o link do teu blog no meu, na parte dos blogs que indico!
Beijos

Malu disse...

Oi , Saulo !

Obrigada pelo carinho de suas
visitas e comentários.

Depois de tanta indicação , também
vou conferir o blog da Ira.

BjO Grande e um Domingo
cheio de Alegrias ...

Ira Buscacio disse...

Saulo,

Quando cheguei aqui e vi esse palco, eu pensei: To em casa, apesar de ser mais bastidor.
Seu espaço é repleto de fantasias, de talentos e de arte e isso, se deve ao seu dom cênico, a sua generosidade ampla.
Obrigada pelo carinho e por dar brilho as minhas simples palavras, com essa interpretação impecável.
Um grande beijo

Flor da Vida disse...

Olá, boa tarde! Amigo vim te conhecer, e não me arrependi, amei tudo que vi e li por aqui... Compartilhar, esse é o segredo de uma boa convivencia tanto na amizade como na literatura, pois as diferença é que enriquecem o nosso aprendizado... Seguindo-o com imenso prazer...
Carinhos... Bjsss

Paulo Francisco disse...

Valeu pela Visita e comentários. Vou continuar lendo,ouvindo e pensando...Usando alguns sentidos... Gostei muito do Blog. Parabéns!

Lívia Azzi disse...

Que delícia esse caos dos sentidos em sua voz inebriante e envolvente.

Poesia e voz em profunda sinergia!

Um beijo!

António Rosa disse...

É bom termos todos os sentidos do mundo. Mais um post especial. Vou conhecer a sua amiga.

Universo Paralelo em Versos disse...

Barbaridade... conheço duas pessoas neste mundo que sacam as coisas uma é você e outra é a M@ria.....
sensibilidade a todo vapor.... falar sobre IRA seria e é uma falta de respeito feliz feliz e desejo no real sentido de tudo quem consegue absorver sem questionar e viver Sen(tidos) Salve IRA.......

Joyce Kelly disse...

Olho que não ouve
Orelha que não fala...
Sentidos sem sentidos.
Gostei da maneira como ela brincou com os sentidos.
E você, como sempre, tornando tudo ainda mais perfeito.

Abraço e ótima semana para você, Saulo.

Lila disse...

Saulo...
Cheguei aqui através de Ira, minha grande amiga de cabelo lilás (rs)e asas de anjo, com um toque de demônio....rsssss
Lindíssimo seu blog, seu palco, se assim preferir...cheira lírios, parabéns. Peço licença para permanecer.

Bjs meus !

carmen silvia presotto disse...

Que estalar de momentos, o olho, a orelha, a boca e eu em todos os sentidos, eis a poesia gritando para existir.

Fui lá conhecer o espaço de Ira, obrigada Saulo por estas escavações poéticas que revelas em voz.

Parabéns, bom domingo, boa semana e ... sim, juntos seguiremos mais e melhores!!!

Luna Sanchez disse...

É angustiante ficar assim, em "linha cruzada", usando o sentido certo para o fim errado...

Gosto do olfato, que não nos permite ignorar a presença-perfume de alguém, por exemplo. Perfume é coisa atrevida, que invade.

Beijo, beijo.

ℓυηα

Márcio Vandré disse...

Saulo muito bem empresta sua voz carregada de significados para palavras com mais significados ainda!
Parabéns!
Um abraço!

Wanderley Elian Lima disse...

Adorei essa inversão dos sentidos. Muito criativo.
Bjux

aluisio martins disse...

Bom demais, meu caro, sua voz dá o tom perfeito a grandeza da poesia, traz o sentimento de dentro e leva-nos a vagar todos os sentidos.
Tb sou admirador da Ira, de Ira, que seja, desta não resignação do artista frente ao mundo mudo, altista, por vezes.
gde abraço

Marcio Nicolau disse...

todo mundo aIRAdo, aéreo, com a tua interpretação.

:)

Marcio Nicolau disse...

Hey, pensando aqui na forma desse nome, Ira. Mexe mesmo com os sentidos.

RAFAEL disse...

o dia que publicar um livro meu, vou pedir pra que faça o audiobook...rs.

Ia ficar interessante ouvi-lo narrando um conto meu...

abração...boa semana guri.

Rafael

Maria Rita disse...

Bravo!

Impossível visitar e não querer ficar já que ler-te e ouvir-te trouxe um suave sorriso por aqui.

Beijos moço

Augusto Barros disse...

Adoro essa palavra: "Ira". Adorei tudo.

Malu disse...

Oi , Saulo !

Passando pra te desejar um
Lindo Dia e agradecer o carinho
de sempre ...

BjãO!

Arquimedes Diniz disse...

Fiquei encantado com o que ouve, acho que quando se faz com a alma as coisas saem mais limpídas e cristalinas como aquela água dos riachos. Sempre prefiro os sentimentos! Obrigado pela visita no blog, e por deixar seus comentários. Abraços.

Rosane Marega disse...

Lindo Saulo, eu adorei!
Beijosssss

Ana Agarriberri disse...

Nossa, muito bom aqui. Parabéns pelo blog. Seguindo-te.Beeejo,beejo.

Roberta Curty disse...

Obrigada pelos comentários!!!
Adorei assistir o seu vídeo na Record.
Sucesso!!! Você merece muito mais!
Adoro você! Bjs

Pérola Anjos disse...

A vida é uma questão de sentir. Os que mais sentem são os que mais vivem.

A sua voz desperta os sentidos!

Bonito!

Beijos!

Luna Sanchez disse...

Saulo,

Voltei para agradecer pelo comentário que deixou no meu post atual, tão bonito, coerente e certeiro! Muito obrigada, foi bom saber que não faz sentido apenas para mim. ;)

Beijo, beijo.

ℓυηα

Malu disse...

Saulo,

Passando pra te desejar uma tarde
cheia de Paz e Realizações...

Te adoro , menino bonito.

BjãO! :)

Valdeir Almeida disse...

A mudança do sentido chega a nos causar incômodo, como foi a intenção da autora. Ela conseguiu.

Gostei do poema (e nem irei mais falar da sua interpretação, você já sabe o que vou dizer mesmo).

Abração.

Anna K. Lacerda disse...

E nossos sentidos guiam nossas melhores direções!

Beijo.