quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Revelações Genealógicas

Nossa! Eu não havia percebido o tempo que estava sem postar aqui. Mas estou de volta e hoje trago uma descoberta "familiar".

Imagina que eu, Saulo Taveira Peixoto sou, à léguas de distância, parente de Santo Antônio. KKKK
É de rir mesmo. No mínimo. Achei o máximo descobrir isso:

"De Lisboa até Coimbra
Santo António, de seu nome Fernando, filho de Martim de Bulhões e Maria Teresa Taveira Azevedo, nasceu em Lisboa entre 1191 / 1195, (aceita-se oficialmente a data de 15 de Agosto de 1195[3]), numa casa próxima da Sé de Lisboa, às portas da cidade, no local, assim se pensa, onde posteriormente se ergueu a Igreja sob sua invocação."

http://pt.wikipedia.org/wiki/Santo_Ant%C3%B3nio_de_Lisboa

Estava num bar, comendo pizza com Marcela, Marcio e tia Telma, quando esta nos contou essa nova tão antiga. Quando titia falou eu não acreditei, nunca me passou pela cabeça algo assim... É gostoso saber mais sobre a história, a própria linhagem - tô longe do Graal, mas santificado. rsrs
E tem mais, o Santo era leonino, como eu, aniversariando pertinho, muitas coincidências, assim vou virar devoto do Santo, gente!
Fiz várias descobertas sobre o nome, a história da família, meu primeiro nome e ainda há muito o que buscar.
As descobertas seguem, a troca continua, e muitas mudanças se apresentam.
Estou me mudando para Rio das Ostras, ficar mesmo mais próximo do mar (são vários os mares), só uma pista - duas vias de carros, praticamente, nos separam. Muito vento, nossa, como venta naquele lugar - acho que Iansã escolheu Rio das Ostras pra morar, e o vento me dá uma sensação de liberdade, talvez em todos ou muitos, mas me sinto voar; isso não é redundante.
As revelaçõe seguem, muitas mais virão, mesmo porque esse blog é uma auto-descoberta fantástica e necessaria, hoje, em minha vida.



Texto: O Poeta Come Amendoim com Renata Sorrah e música "Santo Antônio" com Maria Bethânia.

Show Brasileirinho.
Apresentação beneficente para o Instituto Pró Criança Cardíaca realizada dia 25/09/2008

10 comentários:

Marcio Nicolau disse...

Santa tartaruga! Quantas descobertas! rs O sagrado e o profano coabitam teu peito templo, querido. Gosto da idéia do santo conciliador que nos braços carrega o Jesus menino longe da cruz.
Amanhã comento o vídeo.

A benção, Taveira.

(Já mostrou pra Tia Telma?)

Patrícia Gonçalves disse...

Cara, incrível, o Thomaz vai te achar o máximo! Parente de Santo Antônio! Pela constelação familiar a gente observa toda a bagagem que herdamos de nossos antepassados, a sua seria interessante!

Sabia que não existia coincidências, Saulo, me arranja um marido?!

P.S - Interessante, nunca te vi, mas sabendo que sairá do Rio, me deixa triste, já com saudade!

Beijo e boa sorte!

carmen silvia presotto disse...

Vento, amores e danças, andanças genealógicas... viva as tuas escavações, Saulo!!!

Vivas à Poesia, Bethania e Sorrah e Santo Antônio e que venham mais revelaçoes.

Um beijo amigo e carinhoso.

Carmen Silvia Presotto

Lua Nova disse...

Que seria de mim, Oh Deus, sem a fé em Antônio!
Que dizer de Maria Bethânia que já não tenha sido dito? Ela é o máximo!
Suas escavações genealógicas estão se revelando uma aventura muito divertida. É delicioso conhecer nossa própria história, vc tem razão. Ainda mais quando descobrimos coisas assim interessantes. Parente do santo! Quem diria!
Beijos.

Marcio Nicolau disse...

Que seria de nós, brasileirinhos, sem a fé?

Dil Santos disse...

Oi Saulo, tudo bem?
Cai aqui meio de acaso e gostei. Menino, então tu é parente do Santo heim? Rsrsrs Legal
Abraços menino

carmen silvia presotto disse...

Saulo, um feliz aniversário e desejo de muita saúde, amor e Poesia, também por aqui...e que sigam e prossigam os versos e o encontro de palavras em Partitura.

Um beijo amigo e carinhoso e obrigada por estares em minha vida, felizIdades!!!

Luciano Azevedo disse...

Além de Santo Antônio, talvez, também seja meu parente. Mas vou logo dizendo: não sou santo. hehe Sou apenas Luciano Taveira das bandas do litoral pernambucano. Será que pertencemos a mesma árvore?
Encontrei seu blog hoje e sigo-o como a um parente próximo. Abraço, Taveira.

Thais Lopes disse...

A bênção! Que ligação direta, hein? Num esquece de olhar pra nós, pobres mortais! =)

António Rosa disse...

Estou a adorar o seu blogue, a ouvir, a ler a sentir as suas postagens.

Tentei incluir na sua lista de seguidores, mas deu erro técnico. Voltarei depois.

Excelente, o seu trabalho.